quinta-feira, 10 de abril de 2008

Não.

Não morri. Aliás, tô vivona. Estou é sem internet, e dia 20 parto, para voltar não-tão cedo assim. Passo um mês fora e, apesar de estar mantendo um diário de viagem desde já, duvido que vá postar nessas carnes, pelo menos não antes de voltar.

Dando prosseguimento ao diarinho, ontem eu, minha mãe e a Cake fomos a Friburgo pro criatório de aves do Stanislaw, que é um dos maiores da América Latina. Lá é fenomenal. Tem de araras azuis a papagaios mexicanos e araras militares, minhas favoritas, fora o casarão mal-assombrado que me faz sentir em pleno A Volta do Parafuso. Pegamos a estrada Serra-mar na ida, que é uma das estradas mais bonitas do Brasil, principalmente nessa época do ano. O dia estava maravilhoso e não nos perdemos nenhuma vez, apesar de mim, o que é um verdadeiro milagre. Saímos seis e meia da matina de Búzios e chegamos lá antes das 11. Na volta a chuva na serra tornou inviável a volta pelo mesmo trajeto, por isso voltamos via Niterói, e aproveitamos pra comer no meu restaurante favorito. O tempo estava ainda mais lindo, a comida e o ambiente maravilhosos e tô que nem pinto no lixo até agora. Boa música, belos lugares, boa companhias, não podia pedir por um dia mais agradável. Tirei algumas fotos na câmera da Cacá. Uma pena que não filmei a viagem, mas haverão outras oportunidades. Quem quiser dar uma olhada, estão aqui.

Queria poder contar mais, me alongar mais e coisas assim. Mas cyber cafés me deixam pouco à vontade e esse teclado louco está me deixando tão louca quanto ele.

Provavelmente esse é o último post dos próximos 40 dias ou mais, quem sabe eu apareça uma ou duas vezes ainda, antes de embarcar, vai depender da minha conexão, se ela parar de sacanagem com a minha cara.

Vou sentir saudades de um monte de gente, se eu listasse aqui a lista seria imensa e ainda assim eu acabaria esquecendo alguém, com essa minha memória de queijo suíço. Então, espero que as pessoas que eu gosto daqui saibam o quanto o quanto vou sentir ficar longe delas. E vou lá pras Europas pra ficar perto e parar de sentir falta de outras. Até qualquer dia.

11 comentários:

Rafael Formiga disse...

Boa viagem.

Me bota na lista ;)

koni-kun disse...

Preciso ter uma daquelas conversas rio litros com você antes de você ir... mas sem internet complica xD Então mando e-mail o/

Btw, as fotos estão ótimas principalmente a homenagem hehehehheeh

Rita Kramer disse...

AI MEO DEOS.

Como fas/// pra viver quarenta dias sem falar contigo? Morrerei, virarei água.
Mas mesmo com sua ausência, mandarei as cartas que prometi.
Assim que minha vida real me deixar parar pra respirar.
Saudades, Paula Groff. SAUDADES.

Rita Kramer disse...

E TIOP ESTOL RINDO LITROZZZ COM AS POSES NAS FOTOS FIKDIK.

Rita Kramer disse...

HEYYY... Rita não sou eu, sou?

o.O

Lúcia disse...

Boa viagem minha linda!
E ah, existem e-mails pra essas ocasiões...!

E as avestruzes, vai adotar, no fim das contas, ou não? Hahahah!

Adorei as fotos!, mas e aquela moça poser de óculos, quem é hein? ;D

Conseguiu a coisa lá dos feeds??

Beijos e até breve!

O Profeta disse...

Hoje não vou falar de amor
Hoje tenho saudade de canções
De uma voz perdida no tempo
Que me ensinou o sonho, as emoções

Hoje senti saudades da minha rua
Da casa fria e quente da ternura
Do cheiro a lenha, pão amassado
Dos abraços tidos de forma tão pura


Hoje convido-te a saberes um pouco de mim


Bom domingo



Terno beijo

Lúcia disse...

HahAHAhahaHAHAH!!! Avestruz da Itália?!! Mamma mia!, esse bicho deve ser impressionante, tô curiosa...!
Mando sim sinhóra!
Tá linda na foto viu!

Beeijo!

Tiago Faller disse...

HOHO! Imaginar o cenário, o que ocorre e tudo mais já é tão bacana! Imagino quão prazeroso deve estar sendo na real... =D

Aproveite a lot, menine!


:Tiago Faller.

Daniel Bastos disse...

Uma boa viagem para vc eu desejo.

Rodrigo disse...

otima viagem po c!

Contato

paula.groff@gmail.com

Fuça aew, lesk