sábado, 17 de maio de 2008

06/05/08

Vou tentar prender a idéia:
Se beija quem se sente confortável com.
Primeiros beijos surgem nos silêncios desconfortáveis.
Mas se há conforto total, irrestrito, não se quebra o gelo,
Não há gelo pra quebrar.
E como quebrar o calor?

2 comentários:

Clá disse...

Tem gelo pra quebrar sim.
O tempo é um gelinho.
Já te disse isso inclusive.

Pedro disse...

Discordo. até que o beijo aconteça, não existe conforto entre duas pessoas que querem se beijar. Daí uma delas - ou ambas - fica imaginando se o beijo é possível e considera que a sensação esquisita é uma prova de que não, não é. E, diante dessa possibilidade, acaba não fazendo nada.

Assim nasce um bundão.

Contato

paula.groff@gmail.com

Fuça aew, lesk